26 de março de 2009

José Luís Peixoto na Esag

Pela minha parte, nesta visita de José Luís Peixoto, gostei - de tudo. Da pessoa-dentro, da pessoa-pele, da palavra solta, do ambiente descontraído, caseiro.
Sei que, no fim, as dedicatórias nos livros autografados foram todas o mais individualizadas possível, nas palavras, nos desenhos. Foi outra coisa que admirei, essa capacidade de improviso, esse dar-se assim a cada um, tão generosamente apesar do pouco tempo. Como se fosse coisa simples, natural. Como se lhe estivéssemos todos dentro..

as fotos:


a assistência, preparando-se


esperando ..


10ºB muito fotogénico


o Rúben em jeitos de trovador..

os alunos que tanto se empenharam na visita de JLP:
10.ºA à esquerda, 10.ºB à direita


o meu colega de cadeira com Rafa ao lado ..

ei-lo que chega, e os primeiros autógrafos

JLP bem-acordando, agradado com a recepção ..


a professora a quem temos todos de agradecer a vinda do escritor


a difícil tarefa de cantar-tocar um texto complexo


José Luís Peixoto contando ..


.. folheando um livro de H. Helder


.. lendo um poema de Herberto Helder


e .. todos no final, em fila para o ritual dos autógrafos


2 comentários:

DC disse...

Eu só achei piada ao "Dr. José Luis Peixoto" mandar calar a stora mais do que uma vez xD

al disse...

qual professora??!! eu.. nem abri a boca!!